AVALIAÇÃO DA COORDENAÇÃO MOTORA EM ESCOLARES DE 1O A 4O ANO EM UMA ESCOLA DO ENSINO FUNDAMENTAL DE CAMPINAS – SÃO PAULO-BRASIL

  • L Dos Santos Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Brasil
  • C Luarte-Rocha Educaciòn Física, Universidad San Sebastian, Concepción, Chile.
  • I Gorla- Irineu Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Brasil
Palabras clave: coordenação motora, escola primária, Educaciòn Fìsica

Resumen

O presente estudo é embasado em autores importantes para a elaboração das idéias a serem abordadas e discutidas ao longo do trabalho, a respeito da habilidade motora, do ponto de vista da coordenação corporal. Analisar padrões de coordenação motora em crianças do 1º ao 4º ano do ensino Fundamental, através da bateria de testes KTK. O teste utilizado para a analise da coordenação motora global foi o KTK, composto por quatro atividades, Trave de equilíbrio, Salto Monopedal, Salto Lateral e Transferência de Plataforma. A amostra selecionada é classificada como randômica estratificada, com um total de 98 voluntários, sendo 49 meninas (50%) e 49 meninos (50%), subdivididos em dois grupos. Para o grupo composto por crianças de seis e sete anos encontramos um escore final de 89±11,52 para o grupo feminino e 82,5±5,12 para o masculino. O grupo com alunos de oito e nove anos apresentou 77,00±5,52 para o grupo feminino e 69,0±5,12 para o masculino. Encontrou-se 26 crianças com coordenação motora normal, 40 com perturbação e 32 com insuficiência coordenativa para todo o grupo analisado. A diferença observada entre o nível de coordenação dos grupos não foi considerada significativa, entretanto nos testes de Trave de Equilíbrio e Saltos Laterais e Salto Monopedal, o grupo masculino de seis e sete anos apresentaram uma diferença que deve receber atenção por parte dos professores de educação física responsáveis pelo planejamento de atividades a serem trabalhadas, para que essa diferença possa ser suprida, evitando assim, uma perda abrupta ao longo do desenvolvimento dos avaliados.

Citas

1. Carminato, R.A. Desempenho motor de escolares através da bateria de teste KTK. Rev Inst Ciênc Saúde; 27(3): 206-8. 2009.

2. Collet, C., Folle, A., Pelozin, F., Botti, M., Nascimento, J. V. Nível de coordenação motora de escolares da rede estadual da cidade de Florianópolis. Motriz; 14(4): 373-380. 2008.

3. Gorla J I., L ifante S.M .., S ouza A.N. Analise da Tarefa Saltos Laterias,da Bateria K.T.K,em pessoas com deficiência menteal. Revista Movimento e Percepção , Espirito Santo do Pinhal; 11 ).

4. Kiphard, B.J., S chilling , F. Körperkoordinations Tes t für Kinder . Bel tz Test GmbH: Weinheim. 1974.

5. K obayashi , Y .., K oreeda, K. A study on the body coordination ability of clumsy children in elementary school . 13th International Symp osium Adapted Physical Activity: Vienna, Austria, 2001.

6. Lopes , V.P., Maia, J.A.R., Silva, R.G., Seabra, A., Morais , F.P. Estudo do nível de desenvolvimento da coordenação motora da população escolar (6 a 10 anos de idade) da Região Autônoma dos Açores. Revista Portugues a de Ciências do Desporto; 3( 1 ): 47 60. 2003.

7. Martins Junior , J. Como escrever trabalhos de conclusão de curso: instruções para planejar e montar, desenvolver, concluir, redigir e apresentar trabalhos monográficos e artigos . Petrópolis, 2ª ed: Vozes. 2008.

8. Malina, R.M., Bouchard, C. Growth, maturation, and physical activity. Champaign, IL: Human Kinetics. 1991.

9. Santos, A. R, A. R. . Metodologia Cientifica: a construção do conhecimentoMetodologia Cientifica: a construção do conhecimento.. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 55ª ª eded: : DP&ADP&A.. 2002.

10. Santos, N, N.,., Santos, A., Rodrigues, A., Rodrigues, A, A., Assis., Assis, M, M., Nass., Nass, P, P., Capraro., Capraro A.A. Gêneros e EGêneros e Educação Física ducação Física escolar: notas gerais sobre a formação cultural no decorrer da históriaescolar: notas gerais sobre a formação cultural no decorrer da história.. Revista DigitalRevista Digital Efedeportes; Efedeportes; 12(12(112112).). 2007.

11. São Paulo (2006). Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação Técnica. Referencial de expectativas para o desenvolvimento da competência leitora e escritora no ciclo II: caderno de orientação didática de Educação Física / Secretaria Municipal de Educação – São Paulo: SME / DOT, 2006. 73p.

12. Souza, A.N., Gorla, J.I., Araújo, P.F. Lifante, S.M., Campana, M.Souza, A.N., Gorla, J.I., Araújo, P.F. Lifante, S.M., Campana, M.BB. Análise da coordenação motora . Análise da coordenação motora de pessoas surdas.de pessoas surdas. Arq Ciênc Saúde; 12(Arq Ciênc Saúde; 12(33): 205): 205--1111. 2008.

13. Valdivia, A.B., Cartagena, L.C., Sarria, N.E., Távara, I.S., Teixeira e Seabra, A.F., Silva, R.M.G., Maia, J.A.R. Coordinación motora: influencia de la edad, sexo, estatus socio-económico y niveles de adiposidad en niños peruanos. Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano; 10(1): 25-34. 2008.

14. Vandorpe, B., Vandendriessche, J., Lefevre, J., Pion J., Vaeyens. R., Matthys, S., Philippaerts, R., Lenoir, M. The KörperkoordinationsTest für Kinder: reference values and suitability for 6–12-year-old children in Flanders. Scand J Med Sci Sports. 2010.

15. World Health Organization. BMI-for-age Girls and Boys, 5 to 19 years. http://www.who.int/en/ Visitado em 23 de outubro de 2008.
Publicado
2015-07-30
Cómo citar
Dos Santos, L., Luarte-Rocha, C., & Gorla- Irineu, I. (2015, julio 30). AVALIAÇÃO DA COORDENAÇÃO MOTORA EM ESCOLARES DE 1O A 4O ANO EM UMA ESCOLA DO ENSINO FUNDAMENTAL DE CAMPINAS – SÃO PAULO-BRASIL. Revista Horizonte Ciencias De La Actividad Física, 6(1), 32-38. Recuperado a partir de http://revistahorizonte.ulagos.cl/index.php/horizonte/article/view/152
Sección
CIENCIAS DEL EJERCICIO PEDIATRICO / PEDIATRIC EXERCISE SCIENCES